<$BlogRSDURL$>

6/13/2004

Meu dia dos namorados foi irado , super demais ! Saiu pra uma boate e cheguei as 7 da manhã em casa , altas curtições...Vamo falar de sexo grupal : Eu acho muito bom fuder em grupo , muita gente com o mesmo proposito gozar bastante , eu já fudi de varias formas mas a melhor vez foi quando fomos ao carnaval de olinda um casa com muita gente e 8 fudendo ao mesmo tempo... rolou boquente , dupla penetração , oral , punheta , tudo ... acho legal e quem quiser me convidar pra participar de uma suruba to dentro , ATE O TALO!














Fala Geral! Novidades , estou namorando e todas fileragens eu vou contar aqui pra vocês eu e minha putinha rabuda! É muito bom poder enfiar meu pau naquele rabo delicioso , bicho , ela fode como ninguem e sabe os melhores lugares pra se fuder ! Pela primeira vez eu fudi num elevador , eu acho em pe um pouco ruim mas fazer o que ne ? A aventura é o melhor . Ela ajoelhou e começou a chupar meu pau , ela aperta com força a cabeça dele e coloca na boca ocm tudo ! Eu enconstei ela no espelho e comecei a meter e antes que viesse alguem pra nos flagrar no estacionemto do predio a gente fechou a porta e subiu ate o andar dela , chagando lá eu disse que era preciso gozar logo e comecie a dar lapada com a rola na cara dele e bate até gozar ! Até entramos na casa dela , liberamos o elevador e fomos tomar banho! Demorou um pouco mas dpeois a gente fudeu de novo e de manhã eu fui pra casa!


RECADOS PRA MIM , ESCREVAM NO MEU GUESTBOOK :


CLIQUE AQUI E COMENTE Já!



A loja que eu trabalho é muito legal e eu descobri essa semana que as pessoas são muito escrotas eu to cercados de puta , viado e miches . Michele é uma morena bem rabuda que trabalha no atendimento e por ser uma loja de material esportivo sempre usa aquelas calças mais coladas... dsd o dia que cheguei lá eu reparei aquele cuzão e sempre que posso do uma olhadinha...

Comecei a cantar ela e chamei-a pra sair na sexta mas ela que ia me levar pra um lugar legal pq eu conheço muito pouco sp , nos saímos dançamos e depois demos uma boa foda na casa dela...foi assim..

Ela colocou uma musica da brintey spears que eu não sei o nome e começou a dançar pra mim , tirou a cada peça da roupa : a blusa , a sandália , a calça , o sutiã e me obrigou a rasgar a calcinha dela no dente , doeu um pouco mas se ela queria e era fantasia eu tinha que realizar... ela começou a se tocar na minha com o dedo em seu bucetão e eu tendo que agüentar e não gozar antes mesmo de começar a sacanagem ... eu comecei a fazer fuleragens com ela... cuspi no cu dela e comecei a passar a língua , a bunda dela era enorme e eu enfiei a cara nela.. depois comecei a enfiar os dedo no cu dela enquanto ela piscava pra mim .. fizemos um 69 muito gostosa , enquanto eu dava um banho Del íngua nela ela mamavam inha vara como se fosse uma pirulito muito gostoso , eu tive que me segurar para não gozar logo , afinal eu queria fazer mais safadezas com aquela puta .. ela tinha uma mania estranha de me chingar de cavalo auhauh . Lentamente comecei a enfiar na bundinha dela tentando afolozar aquele cuzão e aos poucos fui aumentando a velocidade , botando , tirando , metendo , metendo . Coloquei ela sentada em cima de mim na cama e mandei ela galopar , aí foi quando eu comecei a dar palmadinhas na bunda dela , a chupar o pescoço e a pegar no peito dela ... meu pau começou a pulsar cada vez mais forte e percebi que era a hora de de gozar... tirei a camisinha e comecei a punheta na cara dela enquanto ela lambia meu saco até que gozei... vários jatos de porra quentinha na boca daquela cachorra que engoliu tudo e ainda ficou me mamando até engolir o leite todo e me deixar limpinho , eu fui embora pra casa e acho que essa semana tem foda com ela de novo!






Peitão pra vocês!



width="200">





6/05/2004

RECADOS PRA MIM , ESCREVAM NO MEU GUESTBOOK :

CLIQUE AQUI E COMENTE Já!



Não há quem nunca tenha o pau posto pra fora
numa manhã de sol, e colhendo-o entre os dedos
desponta-lhe a cabeça rósea, como a aurora
irrompe dos noturnos pelos e segredos.

Não há quem nunca tenha o pau exposto à prova
de cus e bucetas, e frente a espelhos,
em urgentes punhetas não semeie na cova
da mão o que florir devia entre joelhos.

Não há quem num momento não se tenha visto
ante o obelisco erguido de seu próprio sexo
quer ele seja côncavo ou convexo

e com a alavanca de seu pau erguido
mova, arrogante, o eixo do universo
como o poeta move o mundo com seu verso.

[ O poema é de Affonso Romano de Sant’Ana.


RECADOS PRA MIM , ESCREVAM NO MEU GUESTBOOK :

CLIQUE AQUI E COMENTE Já!

Bem vundos ao blog mais safado do brasil !!! Nosso Objetivo e fazer vc sair melado! GALERA , QUER AJUDAR AQUI PUBLICANDO SUAS DICAS , OPINIÕES , FOTOS E HISTÓRIA DE FODAS ? Meu Msn é : bubabbb@hotmail.com ou meu nick do irc é : ateotalo

AOS AMANTES DO SEXO HARDCORE!



RECADOS PRA MIM , ESCREVAM NO MEU GUESTBOOK :

CLIQUE AQUI E COMENTE Já!

A CUNHADINHA

Tudo começou quando ela, a cunhada veio morar na minha casa, era época de férias e ela chegou de surpresa aqui dizendo que ficaria uns tempos com a gente. Eu e minha mulher já fazia algum tempo que morávamos juntos, e a cunhada veio para alegrar as nossas vidas. Desde sua chegada a nossa rotina mudou porque nós costumávamos andar sumariamente vestidos, pois, o calor em nosso bairro é abrasante, ela logo procurou se adaptar ao nosso estilo de vida, mas sem demonstrar qualquer intenção que fosse de apimentar a nossa relação. Todo dia de manhã ela aproveitava os bons dias de verão e saía cedo para caminhar nas redondezas, ela colocava um shortinho e um top, e ficava em torno de uma hora caminhando. No seu retorno eu já estava de pé a sua espera para tomarmos o café da manhã juntos, como bom anfitrião que sou, todo dia era a mesma coisa, ela chegava tomava um banho e vinha cheirosa para o café da manhã. A cunhadinha ficava durante o dia desfilando com suas minis e seus shortinhos dentro de casa como se ninguém ali estivesse. Minha cunhadinha tinha a mania de ver televisão na sala com a cabeça deitada em meu colo, e cada vez que ela se ajeitava, sua mão tocava em meu pênis que a essa altura já estava em ponto de bala, às vezes até dava pinotes com um simples toque casual. Um belo dia ela disse-me que havia sentido algo estranho ao colocar a cabeça no meu colo e automaticamente foi verificar o que seria aquele volume estranho, ela apalpou o meu volume o que me deixou mais excitado ainda, ela pediu para que eu abaixasse o calção e mostrasse para ela o meu pênis, eu fiquei assim meio pasmo com seu pedido, apesar de que era isso que eu desejava a tempos, olhei para seu rosto e comecei a puxar meu calção enquanto a olhava procurando ver a sua reação, seus olhos brilhavam como que maravilhada com o que via, meu pau saindo lentamente do calção, deixando-a extasiada , ela esfregou a cabeça em meu pau passando ele em toda a extensão de seu rosto, para logo em seguida começar a lambê-lo desde a raiz até a pontinha do meu pau, eu fiquei com o coração aos pulos quando ela tentou meter a lingüinha na racha da ponta do meu pau fazendo com que ele desse pinotes em sua boquinha, eu já não estava mais conseguindo me conter, pois, apareciam as primeiras secreções do meu pau que ela procurou chupar com gosto, vendo que eu não resistiria muito tempo a essa chupada ela deu uma mordiscada na cabeça enquanto me olhava diretos nos olhos em busca da minha reação, com essa mordida eu fiquei menos tenso e evitou que eu jorrasse naquele momento em sua boca, o que com certeza seria inevitável devido o estado que eu estava de excitação. Patrícia ( minha cunhadinha ) fazia um movimento de vai e vem que me deixava louco e não demorou para que eu gozasse em sua boquinha, soltando jatos de porra que a inundaram, e ela parecendo uma profissional engoliu até a última gota. Eu levantei a cabeça de Patrícia tirando sua boquinha de meu pau e ela me olhou como que agradecida de poder ter me sugado e se aninhou em meu peito descansando de seu esforço. Durante todo o dia evitávamos de nos falar, e até desviávamos os nossos olhares que teimavam em se cruzar durante todo o dia. Quando minha esposa chegou , ela não desconfiou de nada, só achou meio estranho, nós dois, muito calados como se tivéssemos brigado. Minha esposa perguntou a irmã o que estava acontecendo, e ela disse simplesmente que nada havia de errado. No dia seguinte, quando cheguei de manhã do trabalho, ela estava na porta de casa de shortinho e camiseta, eu perguntei o que tinha acontecido porque ela não foi caminhar, ela respondeu que bem que tentou, mas, estava com uma dor em sua perna que estava incomodando demais, e a impedia de caminhar no ritmo que ela queria. Perguntei onde estava doendo, e pude verificar que provavelmente era cansaço muscular, então ela perguntou se era possível eu fazer uma massagem em sua perna para relaxar, e deitou-se no sofá de bundinha para cima, pedindo para começar logo porque ela não agüentava de dor nas coxas roliças, eu olhei Patrícia do calcanhar até o morrinho formado por suas nádegas e não resisti, me ajoelhei ao seu lado, pegando a loção hidratante de meu uso, e esfregando nas mãos, me preparei para começar aquela viagem interessante por aquele corpinho maravilhoso, de deusa, comecei esfregando em seu calcanhar, e fui lentamente subindo acariciando a panturrilha, primeiro em uma perna e depois na outra, continuei subindo lentamente até as coxas bem torneadas, onde demorei em demasia, fazendo com que ela começasse a rebolar lentamente, tentando acompanhar o ritmo de minhas mãos, daí então aproveitei-me da situação e levei as mãos até as dobrinhas das nádegas, ali tocando, ela deu uma empinada no bumbum, acusando o tesão que ela estava sentindo, esfreguei com mais firmeza, agora com mais ousadia, colocando o dedo entre as nádegas a procura de seu cuzinho, fazendo com que ela desse vários gemidos de prazer. Patrícia até então calada, começou a pedir que metesse o dedo em seu orifício, pois ela não agüentava mais aquela tortura, em que se transformou a massagem, perguntei a ela se podia descer o short e ela disse que era pra fazer o que quizesse, daí eu enganchei os dedos na lateral do shortinho e puxei deixando a sua bundinha exposta, coberta apenas com uma calcinha minúscula, acariciei a sua bundinha, tocando na direção do cuzinho, o que fez com que ela desse pinotes no sofá, daí então, puxei bem devagarinho a sua calcinha desnudando de vez aquele bumbum lindo, olhando aquele bumbum arrepiadinho, não resisti e beijei ele todinho buscando com a língua seu cuzinho gostoso, quando toquei nele ela começou seu processo de gozo sem parar de rebolar a bundinha. Agora a minha intenção era tocar na sua bucetinha, por isso metia a mão entre suas pernas a procura dela, que logo encontrei e acariciei com a pontinha do dedo, de baixo para cima terminando por tocar em seu grelinho que já estava durinho, fazendo ela gemer ao meu toque, e gozar em minha mão. Patrícia me abraçou e me beijou dizendo que aquilo que fiz foi maravilhoso e queria transar comigo como agradecimento. Ao ouvir aquilo meu pau deu vários pinotes, já ansioso pelo momento de experimentar aquele cuzinho lindo, porque eu não imaginava, que ela estivesse pensando em uma transa completa, me oferecendo a sua virgindade. Me levantei e peguei Patrícia no colo, levando minha cunhadinha para o meu quarto, chegando lá coloquei-a na minha cama em cima das almofadas, de bruços, fazendo a sua bundinha ficar arrebitadinha, em minha direção, fiquei maravilhado com ela com as pernas meio abertas, me proporcionando aquela visão linda. Deitei na cama ao lado dela, fazendo um carinho naquele morrinho lindo, as vezes tocando entre suas nádegas, já preparado para uma situação dessas, peguei uma pomada japonesa que usava com minha esposa e lubrifiquei seu cuzinho e meu pau que a esta hora estava duro como pedra, subi na cama e fiquei em cima dela encostando a cabeça de meu pau no cuzinho, ela colaborou abrindo as nádegas com as mãos, para facilitar minha investida, esfreguei meu pau no seu reguinho as vezes tocando no seu rugoso cuzinho, ela já gemia pedindo que eu metesse logo porque ela não agüentava mais de tesão, então ouvindo isso eu estacionei a cabeça na sua entradinha e fui forçando devagar, ela gemendo pedia que eu metesse tudo de uma vez, mas eu queria saborear ao máximo aquele momento, e metia bem devagarinho sentindo o seu cuzinho pouco a pouco envolvendo o meu pau, quando a cabeça passou tive de me controlar muito para que não gozasse tão rápido, dei uma paradinha e fiquei sentindo cada vez que meu pau pulsava ela dava uma mordiscada nele com o seu orifício, sentindo que não agüentaria muito tempo eu segurei em seus ombros e usei mais força penetrando até a metade em seu bumbum, ela deu um gritinho e pediu pra eu meter tudo e gozar porque ela queria sentir meu líquido dentro dela jorrando escorrendo em suas entranhas, ouvindo isso eu não agüentei mais e gozei em seu cuzinho, deixando o meu corpo cair em cima do dela, ofegante, quase tendo um troço em cima dela, quando eu estava mais descansado me levantei um pouco e me deitei ao seu lado, eu estava acabado, sem forças até para me levantar, ela ficou me olhando e disse que ia me matar de tanto prazer. À noite quando minha mulher chegou, eu estava cochilando, porque ainda me ressentia das estripulias da tarde, e ela logo perguntou o por que de tanta preguiça, eu disse que tinha acompanhado sua irmã na caminhada matinal e que eu me excedi na velocidade da caminhada, chegando aqui exausto. Ela logo quis saber se mais tarde teria festinha, no que eu falei que se estivesse muito cansado, deixaria para amanhã, ela não gostou e disse que isso não podia ser assim, que ela é humana e não pode e não gosta de ficar muito tempo sem isso, eu então disse que ela não ia ter porque reclamar, pois, hoje seria inesquecível, só que eu não sabia como teria forças pra tanto. Quando minha esposa foi tomar um banho Patrícia se aproximou e disse que ia me querer no dia seguinte descansado e que eu não podia fazer nada com sua irmã à noite, eu ponderei, que não tinha como recusá-la sem ela desconfiar de nada, e que teria que fazer sim com minha esposa, ela disse então que se eu estivesse cansado ela não ia me dar a sua xaninha e sua virgindade que ela achava que eu merecia, eu com essa revelação fiquei cheio de tesão e nem deixei minha esposa jantar, transamos de forma tórrida, mas, rápida, para que eu pudesse resguardar minhas forças para Patrícia, sua irmã. Se minha mulher soubesse o que tinha acontecido à tarde, com certeza nos mataria, acho eu, pois, de maneira nenhuma eu pensava que ela aceitaria uma relação à três. No dia seguinte eu acordei bem cedo e fui levar minha esposa até o ponto do ônibus, para ter certeza que ela embarcaria e não teria surpresas, voltei rápido para casa, mas , ela já tinha saído para a sua caminhada. Eu peguei minha bike e fui atrás dela para que ela retornasse mais rápido para casa e abortasse aquela caminhada, rodei e não à encontrei, então voltei para casa e fiquei esperando seu retorno. Quando ela retornou eu já estava em “ponto de bala” e aguardava impaciente na sala olhando a tv sem saber o que passava na tela, ela me olhou e perguntou se eu estava pronto para levá-la à loucura, ou ser levado a loucura, pois, ela não ia se contentar em só gozar, ia também me deixar sem vontade transar com minha esposa. Ela veio se sentar ao meu lado jogando a cabeça em meu peito, eu aproveitei e comecei a acariciar seu seio por cima do top tentando enfiar meus dedos embaixo dele, tomei os seus mamilos entre os dedos e fiquei rolando os mamilos entre eles, puxei seu top para cima e deixei livre seus seios, parei para admirá-los, e logo em seguida me virei e botei ele na boca, chupando-os, peguei Patrícia no colo e levei ao meu quarto, quando lá cheguei, coloquei umas toalhas na cama, aguçando sua curiosidade, eu expliquei, que se ela deixasse eu tirar sua virgindade, teríamos de nos prevenir, pois, poderia haver sangramento, e mancharia só a toalha e não o nosso lençol, deitei ela na cama, e fui por cima dela beijando o seu corpo, começando nos pezinhos, subindo devagar pela sua perna, passando a língua nas suas coxas, até chegar na sua xaninha protegida pela calcinha e pelo seu shortinho, eu enganchei os dedos no short e na calcinha e puxei tudo de uma vez deixando ela nua. Livre da roupa eu fui beijando sua virilha, lambendo até tocar na xaninha, onde eu chupei com gosto deixando ela louca. Ela então se abriu para mim e pediu que a penetrasse, eu então coloquei ela com as pernas no meus ombros, encostei a cabeça do meu pau na xaninha dela, e meti de uma só vez, fazendo ela delirar, ela gemia e pedia para eu tirar e meter de novo, até que ela tremeu e começou a gozar, desfalecendo logo em seguida, eu continuei estocando nela até gozar e depois, me levantei de cima dela, saindo de dentro de sua xaninha, e vendo o “estrago” que havia feito, pois, a toalha estava manchada atestando ali a sua virgindade. Dei uns tapinhas em seu rosto fazendo com que ela saísse de seu soninho, ela disse que nunca tinha sentido nada igual, e que tinha adorado que eu tivesse tirado aquele empecilho, que há tanto impedia que ela pudesse ter uma vida sexual ativa, e que agora ela ia poder falar de igual com suas amigas porque elas já transavam tinha muito tempo e ela era a única virgem. Eu disse que de agora em diante ela teria que se prevenir e usar um preservativo ou um anticoncepcional para evitar uma gravidez e que teríamos de tomar um cuidado para que não engravidá-se comigo, disse isso, e virei ela de bruços, deitando ela nas almofadas da minha cama, empinando o seu bumbum, mas, desta vez, meti de novo na sua bucetinha, agora por trás, sentindo minha vara entrar bem em sua bucetinha até tocar no fundo dela me impedindo de meter toda a minha vara, sobrando coisa de mais ou menos quatro dedos do lado de fora, ela gemia descontroladamente, e pedia que eu a rasgasse, que ela queria ser toda aberta por mim, gozamos de novo e eu já sem forças caí ao lado dela quase desmaiado. Depois desse dia, durante toda minhas férias, nós aproveitávamos as saídas de minha esposa para a gente transar, minha esposa já começava a estranhar o chamego dela por mim e fazia questão de lembrar “Ela é minha irmã e você é seu cunhado não faça eu desconfiar de vocês.” Esta foi parte da minha história com minha cunhada se você gostou espere que enviarei outras passagens da minha vida, inclusive com ela e outra irmã
RECADOS PRA MIM , ESCREVAM NO MEU GUESTBOOK :

CLIQUE AQUI E COMENTE Já!

O PUNHETEIRO NATO!

Olha o Meu Dilema , sozinho nessa cidade que é toda nova pra mim e sem fuder desde sexta feira passada ... Resultado , vo bater punheta e dividar fotos boas com vocês! Quem quiser me fazer companhia nessa noite de sexo que so ta començando me adiciona no msn ( bubabbb@hotmail.com ) . Fuder e muito bom , mas acho que nenhum de nós dispensa uma boa bronha!


A ESFREGA DE BARRIGA

Adquira uma ereção, e se você quiser, lubrifique seu pênis realmente bem, e também lubrifique a sua área abaixo do umbigo até pouco antes dos seus cabelos púbicos. Coloque a base de seu dedo polegar debaixo da cabeça de seu pênis e debaixo dele, assim permite empurrar seu pênis contra seu abdômen. Quando seu pênis estiver contra seu abdômen, mova-o da direita para a esquerda e vice-versa inúmeras vezes. Deste modo, a área de superfície de sua cabeça de pênis entra em contato constante com sua pele.

Começa na MAMADA ...E termina na gozada!


5/29/2004

RECADOS PRA MIM , ESCREVAM NO MEU GUESTBOOK :

CLIQUE AQUI E COMENTE Já!

Nada Melhor do que uma boa espanhola na rola da gente! Um delicia , bom mesmo e gozar na caras de quem se esta fudendo!
OLHA O PEITÃO...



O ATE O TALO É DE VOCÊS! 

RECADOS PRA MIM , ESCREVAM NO MEU GUESTBOOK :

CLIQUE AQUI E COMENTE Já!




Nossos usuários pediram e Lá Vai , foto de CUECAS pra vocês! Na boa , vo ficar colocando fotos de Homem Tambem , ok ? Muitos caras entram aqui e gostam!







MEU MSN É : bubabbb@hotmail.com
RECADOS PRA MIM , ESCREVAM NO MEU GUESTBOOK :
CLIQUE AQUI E COMENTE Já!

Fala , galera ! Tudo Ok aqui em Sp! E com vocês ? Bem , to colocando novamente umas fotos que sumiram do blog pq certamente eu fiz alguma besteira , o EMINEM FUDENDO A TESUDA DA BRITNEY ATÉ O TALO!


Isso é que é meter até o talo!




Ae , finalmente tomei coragem e vou escrever sobre as fodas mais recentes . Pra quem não é meu amigo e não sabe esta semana eu migrarei para São Paulo , onde eu trabalharei com minha tia na Loja de Material esportivo , e como sou formado em Administração serei o gerente da Loja dela . Pois bem , faltava acertar algumas coisas e fui a Sp para resolver as ultimas pendências e fiquei hospedado na casa da minha tia , eu irei dividir o quarto com meu primo e minha prima e é justamente sobre ela que eu queria falar!
Desde moleque eu gostava dela , isso por que sempre foi uma loirinha muito linda. O tempo foi passando e finalmente a gente ficou adolescente , eu passei um tempo afastado de uma parte da minha família por questões que não valem a pena ser lembradas ... pois bem , ainda na adolescencia eu dei uns pegas nela , foi com ela o meu primeiro beijo e só . Essa semana eu reparei o quanto ela havia crescido , estava linda e passou a me chamar muita atenção , ela também estava mais descontraída e conversamos muito! Conversa vai , conversa vem eu perguntei se ela era virgem e ela me confirmou e eu fiquei normal , não tenho coragem de tentar transar com ela... mas foi no ultimo dia que aconteceu algo muito legal e que eu quero que se repita : Eu tinha acabado de malhar e estava deitado no sofá , meu primo tinha ido a faculdade e ela chegou , ficou colocando batom na minha frente e pediu pra mim atacar o sutiã dela... ela terminou de se vestir e sentou em diereção a mim na cama e eu me segurando pra não explodir de tanto tesão , mas deixei acontecer , ela começou a passar a mão em e perguntou se eu tomava bomba , eu : hauahuuah . Disse que não e ela começou a me alisar e tudo foi ficando mais serio .
Ela colocou a mão no meu calção e começou a mecher no meu pau , acho que ela se surpreendeu quando viu que eu já tava excitadão e começou a me masturbar , eu perguntei se ela ia querer continuar , mas ela disse que ia so me masturbar e que queria ficar tocando em mim e eu deixei ela me beijava e pagava no meu pau... passava o dedo na minha cabecinha e eu doido a pulsar , aquilo me trouxe uma sesação muito gostosa e eu disse que queria fazer o mesmo com ela . Ela falou que não e que gostava muito de eu ir morar lá , e aumentou a freqüência da punheta e eu logo percebi que ela queria que eu gozassee, falei que tomasse cuidado pra não melar a cama e que tomasse cuidado... e quando eu ia gozando avisei a ela.. ela enfiou minha rola pra dentro da cueca e ficou apertando pra vê se saiu pouca porra e eu não me melava tanto e foi ai que eu gozei! Ela ficou me beijando no pescoço e mandou eu ir tomar banho e eu adorando a situação . Pois bem , espero que tudo de certo pra mim lá em SP e que faça ótimos amigos e que eu namore com ela , assim que eu fuder ela conto pra vocês!

5/22/2004

Fale COmigo! 

RECADOS PRA MIM , ESXREVAM NO MEU GUESTBOOK :
CLIQUE AQUI E COMENTE Já!

Britney é Uma Puta Deliciosa! 

Hmm…. 1 DIA EU COMO ESSA TUA BUCETA , BRITNEY TESUDA!





AHH , Caralho!



A GOSTOSA DA JULIANA PAES , PARTE 2 :






PRIMEIRA PARTE!



XANA BOA!



A PEDIDOS! 

Fala Geral , to atualizando umas fotos de caras pra vocês que pediram! O ATEOTALO é democratico e todo mundo tem o direito de gozar aqui! Não importa se gosta de homem , mulher , gay ... o negocio e putaria e meter até o talo! AVISO QUE LOGO CRIAREI UM BLOG SO PRA VOCÊS! Até lá eu vo colocar umas fotos que eu achei aqui... espero que curtam e boa punheta... JAJA AS FOTOS DA JULIANA PAES!



Eu tambem sou marombado...









Como já disse o ATÉ O TALO É FEITO POR UM HETERO! Mas pode ser acessado por qualquer um , fiquem à vonta e cuidado pra não gozar no monitor! Vou colocar foto de homem e logo logo a minha também! O negocio e meter até o Talo! Msn no Perfil!



Esse cara apavora comendo as melhores putas do Brasil! Visitem o FÃ CLUBE LEOKOME CU !

CLIQUE AQUI











E agora , atendendo a pedidos :

UM MACHO PRA QUEM GOSTA!

BLOG DO MEU AMIGO! 

Eu tenho o prazer de indicar o o blog do meu amigo , visitem já eu recomendo : KITEZÃO BLOG!

Veja ele EM Missão Nobre , ensinado a colocar a camisinha : Fuder e bom mas so com o a Camisinha!
CLIQUE AQUI!
Opaaa... Pois é estou em São Paulo e vim demarcar territoria , pois estou de mudança praqui . Espero que tudo dê certo no novo emprego , onde vou trabalhar pra minha ! Heheh o Victão vai ser gerente de Lojas! Hoje vou falar um pouco de punheta , uma coisa que todo homem gosta e eu não fico de fora! Assim como a primeira vez as mulheres lembram acho que a gente lembra da primeira punheta , pois é , quando eu era guri , uns 10 – 11 anos , brincávamos de se esconder no pátio do prédio e tinha uma menina que era a alegria da garotada . Bicho a pivete tinha o cão no couro , a gente pegava nela e fazia de tudo ( claro que não era sexo mesmo ) mas o primeiro sarro de muita gente foi com ela .
Eu era um menino mal ( uahhua ) e ainda sou ( hahahu ) , sempre chamava ela p brincar e manda ela pegar no meu pau . Nas primeiras vezes que ela pegou ele ficou só duro e eu me achava o gostosão . Certo dia estava eu me gabando por ela ter pego no meu pau ( coisa de moleke ) e foi aí que os caras mais velhos me falaram o que era `` bronha ´´ ... A Noite , eu fui tomar banho e esperimentar , comeceu a alisar meu pau e passei um tempão no banheiro e comecei a passar a mão pelo meu pau molhado e com sabão , putz eu viajei na safadeza e comecei a pensar que tava fudendo com um monte de amiga uhahahu até que a sensaçãozinha foi chegando e eu gozei. Pronto , estava concluída minha primeira punheta!

Bem , vou colocar umas dicas de punheta , pois que ver as fotos do blog deve gostar!

A VAGINA " INFINITAMENTE FUNDA "

Faça um punho com, sua mão direita—mas em vez de agarrar seu pênis, ponha só na frente da cabeça. Então empurre seu pênis por seu punho. Quando a cabeça de seu pênis estiver a ponto de sair de sua mão, continue o " túnel " com sua mão esquerda. Desse modo você estará infinitamente penetrando em uma " vagina

5/16/2004

Pra começar o dia vo colocando novas fotos de putinhas pra vocês ! Vamo fuder galera ... MEU MSN : bubabbb@hotmail.com !


MEIA NOVE 6666666999999999 COM TUDO

DICA PARA APLICAR DURANTE A TRANSA  

Durante a transa, coloque a mulher sentada no seu pênis. Quando ela estiver muito excitada traga ela para perto de você, como se ela fosse deitar sobre o seu tronco, sem no entanto, tirar o pênis de dentro. Mantenha os movimentos de entrar e sair. Nesse instante segure com as duas mãos a bunda da mulher e abra bem ela, abra na base, perto da vagina, é ali que fica o ânus. Abrindo bem o bumbum, ela vai sentir um vento no ânus, um friozinho, e talvez sinta uma vontade de ser penetrada ali. Depois feche e abra a bunda da menina, e mantenha as penetrações. Então você começa a massagear a região anal com um dedo, depois penetre um pouco o reto e mantenha a massagem. Depois de algum tempo pare as penetrações e aumente a intensidade da massagem anal. Você pode fazer essa massagem movimentando o dedo em círculos, ou apenas vibrando ele de cima para baixo e de um lado para o outro. Algumas mulheres poderão atingir o orgasmo com esse movimento.
Puta que pariu , isso é uma porra... Pois é , to fudido da garganta e não tem como sair , resultado , ficarei aqui na net sozinho :( , vou ver fotos e punhetar huhahu

Assim que eu fiz onte a noite.. alem de enfiar ate o talo so presta humilhando essas putas!
CARALHO!

A Vida só é boa quando a gente fode...

Minha ultima foda foi nessa quarta feira : Eu estava na concessionária do meu pai trabalhando até tarde pq akilo ali ta uma bagunça ... já´eram 10 horas e eu dei um toque para que a fincionária viesse limpar a sala que estva de saída.. Ela é uma morena bem tesuda , tem um bundão e os peitos são bem arrebitados ... eu tava deitado numa cadeira lá que se ajusta ao meu corpo ela entrou... pensei e fuder ela e dei em cima.. quando ela tava varrendo eu derrubei o jornal no chão e mandei ela pegar.... aí passei a mão no rabo dela , ela teve medo e eu disse q tivesse calma q eu so queria fudê-la...
Ela trancou a porta e quando se virou eu já tava com o pau pra fora e mandei ela fazer um strip p mim... velho que puta gostosa... a buceta dela e grande mas apertada , uma maravilha... quando o strip esquentou mandei ela parar tirei a calça , liguei o som e coloquei uma tecno p gente fuder... ( experimentem ) , eu disse senta Caralho.... e ela veio com o cú dela... eu mordia o pescoço dela , ela me chamava de gostoso e nem ligava quando eu chamava ela de puta... chupei a buceta dela e meti a rola no cu dela até o talo... no fim , como eu tava sem camisinha , mandei ela terminar uma punheta e pra minha surpresa ela fez o que eu queria tomou a minha porra.... Agora to fudido , pq ainda tem trabalho p fazer hauhauauh vlw... novas fotos aí e boa punheta!
Vocês pediram , a gente obedece e coloca o jeito que todo mundo fica quando ver o `` Ate o Talo ´´ !
Que festa , ein ?

Eu gosto é de Afolozar o Cú!

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Didrex